Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Voltar “Divulgação de fake news gera danos à sociedade”, frisa governador
Mauro Mendes fala de informações falsas que circularam nesta semana fazendo alusões a possível retaliação de presos após início de operação de limpeza na Penitenciária Central do Estado
12:22   16 de Agosto, 2019
9376ecf9b072ef4f84b0c7b0591b54bb.jpg

Raquel Teixeira | Sesp-MT 

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes e o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, reiteraram nesta quinta-feira (15.08) que a população e a imprensa procurem os órgãos de segurança e façam a checagem de qualquer informação falsa que esteja em circulação relacionadas à operação iniciada nesta semana na Penitenciária Central do Estado, na capital. Mendes e Bustamante criticaram as ‘fake news’ que têm sido difundidas irresponsavelmente, causando pânico à sociedade.

“As fake news são práticas de pessoas irresponsáveis, causando danos à sociedade e tirando a credibilidade das redes sociais, pois muita gente repercute e reproduz sem saber se é verdade. Pedimos a colaboração da imprensa para que cheque as fontes antes de dar publicidade”, reiterou o governador.

A operação na PCE tem objetivo de fazer uma faxina geral nas dependências da carceragem, higienização, retirada de materiais em excesso e, posteriormente, a reforma das celas de todos os raios da unidade prisional. “A equipe do Sistema Penitenciário está atuando com todo profissionalismo para melhorar a segurança dentro da penitenciária”, acrescentou Mauro Mendes.

Bustamante reafirmou que todas as forças policiais trabalham para proporcionar segurança e pediu à população que faça checagem das fontes das informações, pois o que vem sendo difundido não condiz com a realidade. “Peço à sociedade que toda vez que chegar algo sobre o sistema prisional, que cheque antes. Causa tumulto à área de segurança, inclusive a circulação de informações que são de outros estados e disseminam o terror entre a sociedade”.

“Temos trabalhado muito e não é por causa dessa operação que nós vamos mudar nossa rotina. Atuamos diuturnamente para trazer para a sociedade a melhor segurança que a gente tem condição de dar”, reiterou o secretário de Segurança Pública, frisando ainda que a qualquer disseminação de informações falsas será dada a mesma aplicada a uma ocorrência em Lucas do Rio Verde. “Prender quem dissemina esse tipo de informação. A pessoa se aproveita nesse momento para mostrar que participa de algum grupo criminoso. Agimos prontamente e autuamos dentro do que define a lei. Teve um áudio citando uma possível ocorrência no bairro Pirenéu, em Várzea Grande, onde nada foi registrado. Nós estamos inclusive verificando quem foi que divulgou esse áudio e vamos descobrir”, afirmou Alexandre.

O secretário de Segurança tranquilizou a população e reforçou que nenhuma ocorrência fio registrada que pudesse ter qualquer relação com a ação desencadeada na penitenciária em Cuiabá. “Na área de segurança os números permanecem normais, não houve nenhuma alteração. É importante destacar que muitos reeducandos na PCE estão gostando da organização que está sendo realizada no sentindo de que está melhorando a qualidade de vida deles lá dentro. Claro que outros se sentem incomodados por sair da ‘zona de conforto’, destacou o secretário.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte