Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Prefeito diz que prefeitura recorrerá de multa de R$ 1 milhão da Sema
Prefeitura foi multada por causa de incêndio na aterro sanitário
13:08   16 de Agosto, 2019
e650e81a98c29e9c0013820f16912ca9.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

O último incêndio ocorrido no aterro sanitário de Alta Floresta, na semana passada, resultou em uma multa emitida pela Sema [Secretaria Estadual de Meio Ambiente] de R$ 1 milhão. 
Para o prefeito Asiel Bezerra, a Sema fez o seu papel, mas a prefeitura irá recorrer, para não ter que pagar. Segundo ele, o município está cumprindo o que foi definido entre a prefeitura, Sema e Ministério Público, com relação a vigilância no local.
“Temos pessoas lá no aterro sanitário guardando o local e maquinários. Mas o aterro é muito extenso, são mais de 60 alqueires e o fundo é mato. Uma pessoa foi lá e incendiou a parte que fica no fundo, acredito que o incêndio foi criminoso. Foi feito o Boletim de Ocorrência e a polícia vai apurar os fatos”, disse o prefeito.

Asiel Bezerra enfatiza que hoje o aterro sanitário é o maior problema de Alta Floresta. “Na verdade é um lixão a céu aberto, mas não é apenas um problema de Alta Floresta, é um problema enfrentado por grande parte dos municípios brasileiros”, acentua.

Ele disse que os 6 municípios da região de Alta Floresta estão procurando uma forma de resolver coletivamente, o problema do lixo. “Estamos correndo atrás de solução para os seis municípios. Acredito que em breve estará resolvida esta situação”, assegura.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte