Jornal MT Norte
Publicidade
Ferrari está considerando mudanças radicais para o motor em 2022
Escuderia aposta em plano ousado e nunca antes visto
09:59   10 de Fevereiro, 2021
b7cc55be938aea0b4b9042fa19d4186e.jpg
Foto: Divulgação

Por Redação do ge — Maranello, Itália

Depois de muitos problemas no motor de 2020, a Ferrari está considerando fazer mudanças radicais para 2022. As informações são que o novo projeto é ousado, mas que promete mudar completamente a categoria.

Uma das novas propriedades consideradas é que a Ferrari adote a mesma técnica da Mercedes de separar o compressor do turbo. Os elementos serão conectados por um eixo ao motor. É esperado também que a Escuderia coloque o compressor dentro da caixa de entrada de 6 cilindros com um arranjo totalmente novo para o intercooler.

A mudança é para aumentar a performance e melhorar a aerodinâmica dos carros, já que isso tornaria o motor mais compacto. A redução do tamanho do motor também traria um benefício para o centro de gravidade do veículo. O novo design vai ser um grande desafio para a equipe italiana.

A Escuderia pretende se beneficiar ao máximo das novas regras da Fórmula 1 de 2022 para criar um motor mais potente e competitivo. Para o ano de 2021, a equipe está fazendo pequenas melhorias no atual motor para não repetir o desempenho abaixo do esperado de 2020.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte