Jornal MT Norte
Publicidade
Robinho volta a ser condenado a 9 anos de prisão pela Justiça italiana
20:49   09 de Março, 2021
7a57c73f76b5116c1eccdc1a440c8894.jpg

 Do R7

A corte de apelação da Justiça italiana confirmou, nesta terça-feira (9), a condenação em segunda instância de Robinho e de seu amigo Ricardo Falco a 9 anos de prisão por estupro coletivo de uma jovem albanesa na madrugada de 23 de janeiro de 2013, numa boate de Milão.

A defesa do jogador, que na época atuava pelo Milan, afirmou que entrará com pedido de recurso na Corte de Cassação, a terceira instância italiana.Nas motivações da sentença, os juízes afirmam que o ex-atacante do Milan e seus "cúmplices" manifestaram "particular desprezo" em relação à vítima, que foi "brutalmente humilhada", e tentaram "desviar o inquérito oferecendo aos investigadores uma versão falsa dos fatos e previamente combinada".

A vítima estava em uma boate com o então jogador do Milan e cinco amigos dele. Em determinado momento, segundo a vítima, Robinho levou a esposa para casa. Os réus teriam então oferecido bebida à albanesa até "deixá-la inconsciente e incapaz de se opor".

De acordo com a reconstrução feita pelo Ministério Público, o jogador e seus amigos levaram a jovem para o guarda-volumes da boate e, se aproveitando de seu estado, mantiveram "múltiplas e consecutivas relações sexuais com ela".Você sabe quais são os elencos mais valiosos do Brasil? Montamos um ranking dos 40 clubes com os elencos mais caros do futebol brasileiro na atualidade. Os dados são do site Transfermarkt


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte