Jornal MT Norte
Publicidade
Equipamentos novos faz infraestrutura deslanchar em Guarantã do Norte
O município fez fortes investimentos na aquisição de máquinas e equipamentos modernos
09:49   26 de Abril, 2021
65b0bceccd314f7c1eca59de75a45e3b.jpg

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

 

Após um trabalho penoso com equipamentos antigos que hora trabalhavam, hora quebravam, aumentando consideravelmente as despesas com manutenção, à infraestrutura de Guarantã do Norte vive uma nova realidade.

No início do ano passado o município fez fortes investimentos na aquisição de máquinas e equipamentos modernos. Os frutos desse investimento já começam a ser colhidos com um grande volume de serviços sendo realizado no interior do município.

Além do tradicional serviço de reconstruções de pontes e bueiros, um novo visual está tomando conta das estradas rurais de Guarantã do Norte. Estradas estão sendo reabertas, algumas curvas sendo tiradas, algumas serras sendo rebaixadas, alguns pontos que necessitam de aterro estão sendo feitos e um grande volume de cascalhamento está sendo executado tornando as estradas com excelente trafegabilidade.

“Nossa realidade nesse momento é bem diferente de anos anteriores quando a gente saia para trabalhar. Trabalhávamos um dia, dois ou três e ficávamos dois ou três dias com os serviços empacados por causa de máquinas quebradas. Isso também nos causava grandes despesas com peças e manutenções. Agora os gastos são altos com o volume de combustível, mas, a gente vê o volume de serviços e isso nos anima. Só temos a agradecer ao prefeito Érico por esses investimentos na infraestrutura.” Comentou o secretário de infraestrutura Davinir Demossi.

Oficialmente o município tem em sua malha viária não pavimentada 1.392 km de estradas vicinais, e outros tantos km que ainda não estão registrados no mapa viário. O prefeito Érico Stevan Gonçalves inicia seu segundo mandato bastante animado em promover o desenvolvimento rural do município a começar por estradas de qualidade.

“Fortalecemos esse investimento em infraestrutura ano passado, infelizmente a pandemia atrapalhou muito, as máquinas que eram para chegar em maio ou junho foram chegar quase no final do ano, isso não nos permitiu avançarmos mais na infraestrutura naquele momento. Esse ano com as máquinas novas vamos conseguir avançar muito na zona rural. Certamente que não conseguiremos fazer tudo o que precisa ser feito de uma vez, pois nosso município é imenso, mas, já estamos realizando um grande volume de serviços, para bem atender ao nosso produtor rural que é quem sustenta a economia do nosso município, do nosso estado e do país”, analisa o prefeito.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte