Jornal MT Norte
Publicidade
Evolução natural
Fiat Toro ganha visual renovado, tem a plataforma eletrônica atualizada e estreia o novo motor flex T270
09:14   30 de Abril, 2021
3e85552081abdd6bfc6a4c48d853bad3.jpg

da Redação

Auto Press

                Todo veículo que chega ao mercado tem uma trajetória detalhadamente planejada pela frente. O lançamento em si é um forte fator de vendas. Com o tempo, esse impulso inicial esmorece naturalmente e por isso há uma mudança planejada desde o início do projeto para ocorrer entre o terceiro e o quinto ano de mercado. Esta chamada atualização de meia-vida é usada para inserir tecnologias que entraram na moda neste período e para modernizar o visual. O objetivo desse roteiro, em 98% dos casos, é reanimar as vendas. A Fiat Toro está entre os 2% que nem precisavam dessa intervenção, pois é um sucesso absoluto e crescente de vendas desde que chegou ao mercado, em 2016. Ainda assim, a Fiat seguiu o script, renovou o visual frontal, adotou novos recursos tecnológicos e ainda estreia na picape o motor flex T270.

                A T270 pertence à nova linha de propulsores da Stellantis GSE – Global Small Engine. Trata-se, na versão, de uma versão turbo do moderno Firefly 1.33, de quatro cilindros, que já equipa os compactos Uno, Argo e Cronos da Fiat. Ele é capaz de gerar 180/185 cv a 5.750 rpm, com gasolina/etanol, sempre com 27,5 kgfm (ou 270 Nm) de torque a 1.750 giros. Ele vem com o comando no cabeçote com o sistema Multiair, composto por atuadores eletro-hidráulicos que atuam individualmente em cada válvula de admissão. O motor conta ainda com injeção direta de combustível e uma válvula para recirculação após a queima– EGR na sigla em inglês –, para melhorar o controle de emissões. Estes mesmos recursos devem ser aplicados à versão 1.0 de três cilindros do motor GSE, que será apresentado junto com o novo SUV compacto da marca, o chamado Proggeto 363, em maio, que terá potência em torno de 130 cv e torque em torno de 21 kgfm. Apesar da estreia do novo propulsor, o antigo motor EtorQ 1.8 de 135/138 cv e 18,7/19,3 kgfm será mantido a versão de entrada Endurance.

                A Volcano ainda traz ainda o reforço frontal do para-choque e rack de teto em prata, maçanetas externas cromadas e frisos cromados na linha das janelas, na parte inferior da capa do retrovisor e na moldura de proteção da base das portas. A versão Ranch traz os mesmos acabamentos da Volcano, adicionados no estribo lateral e do santantônio cromados. Na frente, ela ganha uma moldura de grade bem grossa e cromada. A versão Ultra, que tem um conceito mais urbano, usa uma grade semelhante, mas todos os acabamentos são em preto ou na cor da carroceira.

                Por dentro, a nova Toro traz alterações importantes. Para começar, todas as versões passam a ter painel totalmente digital em uma tela configurável de 7 polegadas. A central multimídia passa a ter um tamanho de tela de acordo com a versão: de 7 polegadas na Endurance, de 8,4 na Freedom e Volcano e de 10,1 polegadas e vertical na Ranch e Ultra. O aumento na relevância da central tem a ver com os novos recursos oferecidos pelo novo sistema Connetc Me, que utiliza uma rede 4G da Tim. Ele é disponível a partir da versão Volcano e traz diversas funções através de aplicativo de celular, por computador ou mesmo por assistente virtual como a Alexa, da Amazon. Os aparelhos se comunicam com o computador do carro e permite ligar o motor, travar e destravar as portas, acessar informações do computador de bordo. Além disso, no segundo semestre, um serviço de compras e pagamento integrados passa a ser oferecido através da central.

                Apesar de ter mantido os nomes das versões e os mesmos preços da tabela atual, cada uma delas foi incrementada com novos conteúdos. A versão Endurance 1.8, por exemplo, os novos itens de série do modelo, que são o painel digital e o controle de tração com bloqueio eletrônico de diferencial E-locker para as versões 4X2. A versão teve o preço reduzido em R$ 5 mil, para R$ 144.590, exatamente para que a versão Endurance T270 mantivesse a tabela atual, de R$ 199.590. A versão seguinte é a Freedom, que pode receber tanto o motor turbo flex, a R$ 131.890, ou o turbodiesel com tração 4X4 a R$ 164.890. Além dos itens que já equipavam a versão, a nova Toro adiciona de série os itens da Endurance e ainda faróis full led, central multimídia com tela de 8,4 polegadas com sistema Connect Me e rodas de liga leve de 17 polegadas.

                A versão Volcano passa agora a receber opcionalmente o motor T270, pelo preço de R$ 144.990, enquanto a turbodiesel 4X4 ficou em R$ 177.990. Nessa atualização, o modelo agrega ainda como item de série sensor de estacionamento dianteiro, carregador de celular por indução e pneus ATR na versão turbodiesel. As versões de topo, Ranch e Ultra mantiveram os preços de R$ 185.490 e de R$ 187.490, respectivamente, e sempre recebem o motor turbodiesel com tração 4X4. Nelas são adicionados ainda recursos de assistência avançada à condução, como frenagem automática de emergência, farol alto automático e monitoramento de faixa, e ainda a tela vertical de 10,1 polegadas para a central multimídia. Na Ranch, os pneus passam a ser ATR, enquanto a Ultra ganha rodas de 17 polegadas e pneus ATR+.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte