Jornal MT Norte
Publicidade
Mais
09:52   30 de Abril, 2021

NEGADO 
A juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Ana Cristina, negou estender efeitos da delação premiada do ex-deputado estadual José Riva à condenação de 14 anos, dois meses e 20 dias referentes a Operação Sodoma, em 2018. A investigação que condenou Riva, o ex-governador Silval Barbosa e mais 12 acusados, apurou um esquema cobrança de propinas de empresários em troca de isenções e contratos fiscais com o Executivo. Riva argumentou que houve omissão da Justiça ao não conceder a aplicação da delação premiada, já que ele teria colaborado e esclarecido fatos que não estavam na instrução processual. 

 

 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte